Dicas

Usando corantes

Agitar vigorosamente o corante antes de sua utilização.

Mesmo utilizando misturas de dois ou mais corantes deve-se respeitar o limite máximo de 1 frasco de 50ml por galão de 3,6 litros. – Recomenda-se tingir pequenas quantidades de tinta para certificar-se da tonalidade desejada, antes de preparar todo o produto necessário para pintura.

Adicionar aos poucos mexendo a tinta até atingir a tonalidade desejada. Manter a mesma proporção para outras embalagens.


Cores com precisão

Além das cores do catálogo, podem-se obter outros tons misturando as cores entre si ou adicionando Suvinil Corante em até 1 frasco por galão de 3,6L. A cor demonstrada na etiqueta apresenta ligeira variação de tonalidade em relação ao acabamento final, por tratar-se de deposição de tinta sobre papel. A luminosidade do ambiente e a presença de outras cores no local onde a tinta será aplicada interferem na percepção da cor escolhida. Uma cor escolhida em produtos e/ou acabamentos diferentes (brilho, textura, etc.), poderá apresentar variação de tonalidade. Cores intensas, vibrantes ou muito luminosas (vermelhos, amarelos, alaranjados, azuis, etc.) podem apresentar um desgaste natural de sua tonalidade mais acentuado quando expostas às intempéries.


Remoção de Sujeiras

Em pinturas com tinta PVA, no local afetado, utilizar pano ou esponja macia com detergente neutro. Em seguida, limpar com pano umedecido. Cores intensas, no acabamento fosco, podem esbranquiçar com o atrito.


Boas recomendações

Evite pintar em dias chuvosos, com ventos fortes, temperatura abaixo de 10°C e umidade superior a 90%. Até duas semanas após a pintura, pingos de chuva podem provocar manchas. Se isto ocorrer lave toda a superfície com água imediatamente.


Como escolher a cor certa?

A cor é, senão o principal, um dos mais importantes fatores de sucesso ou fracasso na decoração de um ambiente, seja ele doméstico ou de trabalho. Na verdade, é uma ferramenta eficaz de decoração, além de transmitir sensações e criar diferentes efeitos óticos. Sua escolha é sempre um desafio quando se pensa em decorar um ambiente. Entretanto, é preciso levar em conta vários fatores como:

• Qual será a função do espaço?

• Qual o tamanho do ambiente?

• O teto é alto ou baixo?

• Você quer ampliar o tamanho deste espaço ou fazer com que ele pareça menor?

• Que cor deve ser utilizada para combinar móveis, cortinas, iluminação e tornar o espaço agradável e harmonioso?

Estas são apenas algumas das questões a serem consideradas. Para tanto, o primeiro passo é analisar os tons que mais se aproximam do objetivo do seu projeto.

Você pode tomar como base o tradicional círculo de cores, que é composto por 12 matizes, vermelho, vermelho-laranja, laranja, amarelo-laranja, amarelo, verde-amarelo, verde, azul, verde, azul-vermelho-violeta, violeta e azul-violeta. É a ferramenta básica para combinar as cores.

Existem dois grandes grupos de cores: as quentes e as frias. Vermelhos, laranjas e amarelos são cores quentes, pois invocam imagens associadas ao calor. As cores quentes são úteis para criar atmosferas aconchegantes.

Azuis e verdes, em compensação, criam um ambiente repousante. Podem ser usados com sabedoria em pequenos cômodos e corredores estreitos.

O branco, o preto e o cinza são consideradas cores neutras.

As cores primárias são: vermelho, amarelo e azul. Estas cores não podem ser obtidas pela mistura de quaisquer outras cores. Além disso, existem três cores secundárias: laranja, verde e violeta, que são cores que resultam da mistura de duas cores primárias (por exemplo, amarelo com azul faz verde).

E há, ainda, as seis cores intermediárias ou terciárias, que resultam da mistura de cores primárias e cores secundárias (por exemplo, amarelo com verde faz verde-limão).

A American Colors dispõe, em sua loja, de consultores especializados para ajudá-lo na correta escolha, além de catálogos com as últimas tendências em cores e tonalidades que farão a diferença no seu ambiente.


 

Veja mais abaixo:

– A cor sofre influência

Mofo

Descascamento em Alvenaria

Bolhas em Alvenaria